Os tipos de mulheres que deixam saudade na cama de um homem – Vip

Os tipos de mulheres que deixam saudade na cama de um homem – Vip
Ana Canosa

Revista Vip

Para nossa colunista de sexo, as pessoas devem ir além dos rótulos e experimentar novas relações. Quanto mais diferentes elas forem, melhor

Cada mulher é única e certamente viver histórias de amor e sexo com tipos diferentes é o que o tornará um homem repleto de experiências e mais conhecedor do mundo feminino.

Garimpei, com as devidas autorizações, tipos de mulheres que deixaram saudades em homens que eu conheço.

A Gaviões da Fiel

Foi apelidada assim porque namorava o cara e ainda dava para mais uma “porção”. Mas era cheia de si e não ligava a mínima para comentários maldosos e invejosos dos outros.

O namorado fazia “ouvido mouco”, não estava nem aí, desde que ela chegasse arrasando, intensa e excitada. Como adorava sexo, era ousada e destemida, marcando profundamente a história sexual dos moçoilos que passaram pelos braços dela.

Do tipo que fazia sexo oral no carro durante uma viagem e sorria descarada para a moça do pedágio, limpando o canto da boca.

Por isso, todo e qualquer rótulo que você coloque no comportamento visual, verbal ou corporal de uma mulher, principalmente do tipo machista, pode lhe privar das transas mais quentes e liberais do planeta.

Repense.

A louca libanesa

Foi lembrada como aquela que mais cuidou do seu homem. Pelo visto os traços culturais de devoção ao masculino lhe deram características irrepreensíveis de atenção, proteção e manutenção da felicidade física de seu macho.

Sexualmente, dava conta do recado. Porém era doida. Ciumenta, bipolar. Tinha ataques de insanidade que deixava o cara completamente desnorteado.

Mas voltava submissa, sedutora e enchia a vida dele com mimos que o faziam rei.

Namorar uma moça instável é adrenalina na certa, e, se ela for irresistível e fizer um sexo muito reparador, você terá dor de cabeça, mas receberá tanto cafuné, massagem e refeições deliciosas na cama que por algum tempo aspirina resolverá.

A loira poncho e conga

Adepta do amor livre, sem hora para chegar ou para sair. Não ligava para depilação, roupa da moda ou afins.

Ele cogitou, mas não a apresentou à família. O sexo era do tipo místico, debaixo das estrelas, na praia, com respiração conjunta para atingir um hiperorgasmo tântrico.

Ele nunca soube dizer ao certo se teve ou não o tal orgasmo cósmico, mas não reclamou.

Aventuras sexuais em grupo entoando algum mantra (que na cabeça dele era o hino do Palmeiras) serviram-lhe mais do que qualquer lição do Kama Sutra.

Arrisque-se!

Executiva Perigosa

Não fosse o fato de ela ser chefe direta, tudo seria lindo! Tomada por iniciativa surpreendente, literalmente “comia” o cara de tão ativa que era na transa.

Deixava o sujeito em êxtase. Nenhuma prática sexual era negada.

Depois sumia por mais de duas semanas, às vezes mais. Fingia não entender nenhuma indireta e ignorava qualquer olhar.

Sedento, ele começou a ter ciúme de outros funcionários e a mendigar atenção.

Sob ameaça de ser mandado embora por tamanha fragilidade emocional, ele ficou submisso até conseguir emprego em outro lugar.

Deixar-se submeter de quando em vez é uma boa maneira de aprender que, em se tratando de sexo, a distribuição de poder é fundamental!

Dê-se o direito de ceder!

Fonte: https://vip.abril.com.br/colunistas/os-tipos-de-mulheres-que-deixam-saudade-na-cama-de-um-homem