Autoestima é importante nesta vida, eu sei. A questão é o excesso dela. Diz-se por aí que os narcisistas, aqueles que só têm olhos para si mesmos, transbordam confiança e economizam generosidade. São egoístas. Tiranos. Observem crianças de 2 anos e saberão o que eu quero dizer. O que muda, na versão adulta, é a forma da manipulação. E atenção: você pode não se achar a última bolacha do pacote e ainda assim comportar-se como um egocêntrico. Vejamos:

Você é egoísta na cama? ( ) Sim ( ) Não
Você está sempre direcionando o sexo para a maneira que gosta. Se parar para pensar, vai até descobrir um certo script sexual: começa assim, passa a mão assado, puxa a mão da moça, empurra a cabeça dela etc. etc. etc. Até terminar com a sensação de que tudo esteve do seu jeito. As necessidades dela, bem, você até faz, ou acha que faz, desde que seja do seu jeito (você pode até admitir que ela não goze com penetração, mas que ela estimule o próprio clitóris, aí já é demais para você, não é?). Aliás, se a gata começar com esse papo de “minha vez”, “faz assim”, “desse jeito não”, você a chama de fresca.

Você é egoísta na vida? ( ) Sim ( ) Não
Para além do sexo, você tem a maior preguiça de acompanhá-la nos eventos culturais e sociais, pois acha tudo chato. Prefere dormir, jogar futebol e beber cerveja do que aprender coisas novas ou aguentar “papo de mulher”. Você não se importa muito com as aflições de sua gata, pois tudo parece exagerado e cansativo. Você acha que passar no supermercado de vez em nunca é a maior prova de amor que pode dar. Marcou algum sim nas respostas acima? Veja ao lado como ser um cara melhor na cama – e, claro, fora dela.

Seja um bom companheiro…
Aprenda com o outro. Passe a perceber o cotidiano das mulheres para enriquecer a sua vida com detalhes curiosos e pontos de vista interessantes. Compartilhe ideias e acalme sua mulher sempre que estiver aflita. Não precisa falar, basta abraçar e mostrar que está lá. Ajude-a com as tarefas cotidianas, pois elas são um saco para qualquer pessoa – para ela também. Jogue-se nos programas culturais e sociais dela, sem má vontade, pois vai descobrir um mundo de possibilidades e ser um cara mais interessante.

…para ser um bom amante
Fazer sexo por amor ao outro é ser generoso, transar porque ela está com vontade. Ou fazer um sexo oral mesmo que esteja com a maior preguiça. Ou acabar fazendo a posição que ela mais gosta, ou ainda urrar porque isso a deixa excitadíssima. Segurar o vibrador mesmo que você ache meio estranho esse negócio, já que você tem um pênis ali disponível. As mulheres associam sexo a amor. Portanto, garanto que o ditado “é dando que se recebe” se aplicará. Experimente.